Como iluminar cada ambiente da sua casa

ILUMINAÇÃO PARA SALA DE ESTAR

Sala de estarFoto: Reprodução / Doob Arquitetura

Dando continuidade ao artigo anterior, hoje daremos algumas dicas de como iluminar a sala de estar e como a iluminação ideal ajuda a compor esse ambiente.

Geralmente a sala de estar fica logo depois da entrada, ou seja, também faz parte da apresentação de sua casa e além disso é onde a família e amigos costumam se reunir e passar grande parte do tempo relaxando e se divertindo. Por ser um ambiente onde se busca aconchego e descanso, a decoração e iluminação da sala de estar deve ser muito bem pensada e requer um cuidado especial para criar um ambiente agradável, confortável e valorizar sua versatilidade.

Para deixar sua sala aconchegante, não basta pensar apenas nos móveis e decoração do ambiente, mas é necessário fazer um projeto luminotécnico para que seja garantido que, nenhuma parte de sua sala de estar ficará sem a iluminação adequada.

Para que seu projeto de iluminação seja eficaz e correto é necessário definir primeiramente a disposição de espaço e o layout das áreas funcionais da sua sala e o quanto de luz natural consegue ser aproveitada nesse ambiente.

Com esses pontos pré-definidos, fica muito mais fácil fazer a iluminação de seu espaço.

TIPOS DE ILUMINAÇÃO

Na sala de estar é necessário ter um foco de luz geral, podendo ser feita com uma luz indireta, que pode ser adquirida através de paflons. Esse tipo de luminária produz uma luz mais suave e homogênea devido ao vidro difuso e distribui a luz por todo ambiente a partir do ponto central. Essa iluminação é muito interessante para o ambiente, pois proporciona um efeito aconchegante e intima. Outro ponto positivo desse tipo de iluminação é que ela não gera problemas de calor, ou seja, não aquece o local.

Sala de estarFoto: Reprodução / Pinterest

Paflon de LED de embutir
Foto: Reprodução / Lustres Amandini

 

Os lustres de cristais também são ótimas opções de iluminação geral, dando um toque de sofisticação e deixando o ambiente mais luxuoso.

Sala de estar
Foto: Reprodução / Pinterest

 

Outra ótima possibilidade para a sala de estar são as luminárias de teto, elas funcionam perfeitamente tanto em ambientes pequenos como nos mais amplos. É uma ótima opção pois além de iluminar o ambiente serve como uma perfeita peça de decoração dando um certo charme ao local, deixando com seu estilo de acordo com a escolha da peça.

Sala de estar
Foto: Reprodução / Lustres Amandini

 

Para uma iluminação indireta, aposte em sancas com spots embutidos, os destruindo de forma uniforme por todo layout da sanca, criando pontos de luz mais difusos. Isso dará um efeito de luz harmonioso e muito agradável.

Sala de estar
Foto: Reprodução / Pinterest

 

Além da iluminação geral, é muito importante que a sala de estar possua também outros pontos de luz, como a iluminação de destaque com luminárias de chão e mesa, que são ótimas para proporcionar luz direta, trazendo um clima intimo para sua sala. Além disso essas luminárias também farão toda a diferença na sua decoração, podendo variar de acordo com seu estilo, (moderno, rústico, elegante, clean).

Sala de estar
Foto: Reprodução / Pinterest

 

Pendentes sobre mesas laterais, luminárias articuladas ou abajures são luzes de apoio e mais um ponto de luz direcionada para seu espaço de leitura, por exemplo.

Sala de estar
Foto: Reprodução / Pinterest
Luminária de mesa em 'L'
Foto: Reprodução / Lustres Amandini

 

Crie uma iluminação direcionada, destacando objetos de decoração e quadros, por exemplo, Com Spots no trilho, existem vários modelos que permitem criar circuitos diferentes e uma iluminação flexível, sendo movimentada e direcionada de acordo com a decoração e necessidade. Arandelas também são uma ótima aposta para pontos de destaque e criam um efeito de luz rebatida na parede ou teto.

Sala de estar
Foto: Reprodução / Pinterest 

As luminárias para sala de estar devem ter a sua função principal, que é manter o ambiente iluminado, mas também combinar com seu estilo e compor sua decoração.

TIPOS DE LÂMPADAS

Muitos dos detalhes que às vezes são ignorados e que são de extrema importância no resultado final do seu projeto é qual o tipo de lâmpada mais adequada para cada modelo de luminária ou lustre.

Os quatro tipos de lâmpadas mais usados na iluminação residencial:

INCANDESCENTES COMUM:

As lâmpadas incandescentes são os modelos mais comuns de lâmpadas e são de baixo custo, existem diferentes variações em watts de potência e possuem luz amarelada, mas não estão entre os modelos mais econômicos de energia, isto é, consumem mais energia dos que outros modelos encontrados no mercado. Não são consideradas muito eficientes, pois apenas 5% da energia é transformada em luz, os outros 95% são transformados em calor, ou seja, há um grande desperdício de energia.

LÂMPADAS HALOGÊNAS:

As lâmpadas Halogênas são muito parecidas com as incandescentes, porém mais elaboradas tendo uma luz mais brilhante que se assemelha com a luz natural (solar) e uma vida útil duas vezes maior que as incandescentes. Sua vantagem é a qualidade da luz e a sua variedade de formatos, o que permite flexibilidade na instalação.

LÂMPADAS FLUORESCENTES

Há um bom tempo as lâmpadas fluorescentes eram a primeira opção dos brasileiros quando o assunto é iluminação. Isso se dá devido a inúmeros fatores: uma longa vida útil, não emitem calor, apresentam uma infinidade de modelos, e o melhor, são extremamente econômicas. É verdade que custam um pouco mais do que outras lâmpadas convencionais, mas o custo beneficio é obvio.  As lâmpadas fluorescentes possuem versão com luz quente (luz amarela) ou fria (luz branca).

LÂMPADAS LED

As lâmpadas LED vem ganhando espaço na iluminação de todos os tipos de ambientes no Brasil a cada dia, entre suas vantagens estão a garantia de um desempenho de iluminação excelente, vida útil muito superior à outros modelos, segurança na instalação, resistência a impactos, é ecologicamente correta pois não utiliza mercúrio, não emite radiação ultravioleta, proporciona até 80% de economia de energia em comparação com outras lâmpadas, entre outros. Também são encontradas nas versões branca e amarela.

Lâmpada de LED modelo bulbo
Foto: Reprodução / Lustres Amandini

 

Sabendo quais os tipos de lâmpadas mais usadas, é necessário saber que cada tipo de lâmpada funciona em determinada decoração ou estética. Além do tipo de lâmpada, o tipo de luz também é muito importante, na sala de estar pode-se optar pelas lâmpadas com iluminação branca, amarela ou até colorida, isso vai depender do seu projeto de decoração e do resultado que se deseja adquirir.

Use e abuse do poder da iluminação para compor e tornar sua sala de estar um ambiente ainda mais aconchegante, atrativo e convidativo a passar bons momento entre família e amigos. Esperamos que esse post te inspire!

Acompanhe nossa série de posts sobre iluminação residencial. Iniciamos com um artigo sobre iluminação de hall de entrada e vamos ver muito mais sobre cada cômodo.

Esperamos que estejam gostando, até o próximo artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *